7 tendências na logística para 2022

7 tendências na logística para 2022

7 tendências na logística para 2022

Nesses dois anos de pandemia muita coisa aconteceu. A crise trouxe diversos impactos negativos, no entanto, em decorrência do elevado número de compras on-line, a transformação digital acelerou significativamente a participação virtual das empresas brasileiras, movimentando o setor ao ponto de recrutar mais pessoas.

A pandemia desencadeou uma aceleração tecnológica e o início de 2022 marca o momento ideal para que as empresas aprimorem suas operações e processos. O mercado tem exigido mudanças rápidas e o investimento em tecnologias e inovações para uma gestão logística eficiente, especialmente, neste momento em que a área de transportes tem enfrentado alta demanda devido aos novos desafios, tais como os altos pedidos de entregas e entregas express.

Segundo uma pesquisa apresentada pelo site Terra, “no primeiro quadrimestre de 2021, o transporte de carga no Brasil aumentou 38% em relação ao mesmo período em 2020, segundo o Índice de Movimentação de Cargas do Brasil”, publicado pela AT&M.

Projeções para 2022

A perspectiva é que o setor de logística tenha uma maior automatização dos processos e agilidade na entrega. Os clientes estão cada vez mais exigentes e em busca de maior qualidade nos serviços e o conhecimento sobre as projeções deste setor é uma forma de se destacar. Esse período conta com a alta atividade tecnológica das companhias, cuja missão é resolver as principais dores do segmento logístico.

Expectativas e tendências

  1. Entregas por drone

Apesar do burburinho já ser discutido há anos, o que tudo indica é que este ano, o processo parece estar mais estruturado. Você pode já deve ter pensado que existam mais contras do que prós nessa empreitada, como: – Será que em grande escala essa entrega enfrenta problemas com legislações? – E quanto a capacidade dos drones com relação ao tamanho, peso e tempo de autonomia no ar? Calma, considere que essa tendência preza principalmente uma forma de reduzir o tempo das entregas e custos com transportes, trazendo mais economia para as empresas. Especialmente depois de ter surgido no mercado alguns modelos de drones preparados para entregas mais curtas.

Sendo assim, para 2022, os drones são promissores e a tendência é aplicá-los cada vez mais na rotina, afinal, restam poucas dúvidas em relação ao seu impacto positivo, mesmo ainda em fase de desenvolvimento. Então, se você quer realizar entregas rápidas, ter um melhor controle do seu estoque, melhorar a experiência do cliente e garantir sua satisfação, já sabe onde ficar de olho e o que fazer, certo? 

  1. Logística compartilhada

No Brasil essa prática ainda não é muito comum, mas a ideia é fazer com que empresas com os mesmos interesses se unam e criem mecanismos para facilitar o compartilhamento de seus serviços, como espaços em armazéns e veículos de transporte.

Algumas instituições já estão utilizando o envio de brindes para aumentar a possibilidade de crescimento dessa tendência que corrobora fortemente a automatização dos processos e a adoção de sistemas cada vez mais integrados. Possibilitando um panorama geral e individual de cada setor, e como uma área pode afetar a outra, tornando empresas cada vez mais competitivas diante do mercado.

  1. Monitoramento em tempo real

O setor de logística e transporte tem investido cada vez mais em tecnologia nos últimos anos para ampliar a eficiência em diversos processos. Ligar para o motorista não é mais uma opção, porque além de ser perigoso, gera multas e o motorista pode não ouvir a chamada e demorar para retornar. Logo, localizar o motorista e monitorar as entregas é uma das dificuldades mais comuns nas empresas, por essa razão, as tecnologias que facilitam essa comunicação estão sendo cada vez mais aperfeiçoadas, para que a informação chegue aos interessados em tempo real.

Existem aplicativos como o da Awarelog, por exemplo, onde as empresas embarcadoras podem monitorar todas as viagens em tempo real, saber a localização precisa da sua carga, além de ficar informado quando a entrega é finalizada. Com esse aplicativo, a empresa também recebe todos os comprovantes de entrega, fica ciente se ocorrer algum imprevisto, além de manter uma comunicação centralizada e segura com o motorista.

Ter essa gestão significa não ser pego de surpresa e ter mais controle sobre toda a logística de entregas da sua empresa.

  1. Sustentabilidade

Um estudo da Unilever aponta que um terço dos consumidores se sentem melhor comprando de marcas com base em seu impacto social e ambiental. Além de ser uma condição para alguns tipos de investidores e uma exigência dessa boa parte dos consumidores, a sustentabilidade é um dos temas mais falados dos últimos tempos e merece toda a atenção quando falamos de tendências logísticas. 

Visto que o setor de logística e transporte é responsável pela emissão de quase 15% de gases poluentes na atmosfera ao redor do mundo, empresas têm adotado medidas que minimizem esses impactos ambientais do setor, como:

  • Lockers inteligentes: que possibilitam a coleta e distribuição dos produtos mais rapidamente aos seus destinos, otimizando a distribuição, reduzindo os trajetos e a necessidade de uma armazenagem convencional;
  • Embalagens modernas e recicláveis;
  • Uso de transporte limpo e sem emissão de CO2.

  1. Automatização de processos e o investimento em tecnologia

A inteligência artificial (IA) vem crescendo mais a cada ano, a expectativa é que ela esteja ainda mais presente em nosso cotidiano e a tendência é intensificar sua implementação em 2022.

O objetivo é ampliar a eficiência dos processos, a automação e a rastreabilidade das cargas, gerando maior transparência e segurança nas operações, aqui estamos falando de tecnologia capaz de evitar erros e tornar processos cada vez mais dinâmicos. A IA presente em nosso cotidiano está nos mais diversos meios de comunicação e interação, como em chatbots e mercados autônomos e na logística, facilitando o controle das demandas, acompanhamento de estoques e gestão de fretes. Sem contar na possibilidade de mensuração de indicadores, como produtividade da equipe, visão por resultados, histórico de pedidos personalizados e redução de falhas humanas.

  1. Tecnologia 5G

A tecnologia 5G é, sem dúvidas, uma tecnologia mais do que esperada para a logística. Isso porque ela está sendo anunciada como uma grande evolução com relação ao padrão 4G que às vezes apresenta instabilidades e lentidão, podendo atrapalhar o funcionamento dos sistemas. A nova tecnologia promete mais consistência e estabilidade à conexão, com menos latência, já que o novo padrão alcançará até 95 GHz, ao contrário da 4G, que funciona em frequências de até 2.5 GHz.

“O 5G vai ser crucial, principalmente para melhorar o desempenho de metas no curto prazo e automatizar indústrias” Rodrigo Dienstmann, presidente da Ericsson para o Cone Sul da América Latina.

Dessa forma, o 5G permitirá a interação em tempo real entre diversos computadores distribuídos ao longo do armazém, sem limitações e interrupções. Os impactos são diversos, como:

  • maior velocidade na conexão;
  • controle efetivo nas operações;
  • melhor aproveitamento das máquinas;
  • infraestrutura capaz de lidar com as necessidades modernas, entre outras.

  1. Last Mile

Etapa muito importante, pois envolve o conceito da satisfação e confiança do cliente no seu negócio. A last mile, ou “última milha” em tradução livre, é a última etapa na jornada de compra do cliente e, com certeza, é uma das tendências logísticas para esse ano. Na logística ela nada mais é do que o último esforço para que a conclusão da compra seja satisfatória. Assim que uma compra é efetuada, o cliente deseja receber o seu pedido da maneira mais rápida e eficiente possível, algumas empresas já dão a possibilidade de acompanhar todo o processo e status relacionados à entrega em tempo real.

Os softwares para last mile reduzem os custos operacionais e realizam toda a gestão desta etapa, possibilitando até a tendência mais promissora para 2022: entrega express, ou também conhecida como, same day delivery. Com os consumidores, como sabemos, estão cada vez mais ansiosos e apostar num processo de vendas mais curto, pode ser a solução para fidelizar clientes e promover entregas cada vez em menos tempo. Mas, saiba que para isso, é preciso agilizar todos os processos dentro da sua operação, para se obter o melhor resultado através de uma boa análise de dados, automação dos processos e IA —. Isso te ajudará bastante na hora de planejar uma estratégia mais agressiva.

Esteja atento e ágil aos principais desafios da logística

Você percebeu que para todas essas tendências a tecnologia é um denominador comum? Na logística, todo dia surge um novo desafio, mas, acredita-se que esses desafios serão superados ao longo do tempo com o uso de tecnologias, que atacarão as principais dores dos clientes de maneira mais inovadora, para agregar valor às operações.

Essas tendências estão relacionadas à tecnologia, sustentabilidade, marketing e a experiência do cliente, mas cada empresa precisa encarar os desafios específicos relacionados ao tipo de produto com que trabalha, contudo, estar atenta às tendências da logística que contribuam para o amadurecimento e escalabilidade da sua operação.

Por isso, caro leitor, conte com a Aware como seu parceiro logístico tecnológico eficiente e leve os melhores serviços de gestão logística moderna e automatizada para sua empresa com quem é referência de solução logística descomplicada clicando aqui.

Mayara Silva
Técnica e graduanda em Logística – Especialista e colunista de logística e inovação na Aware.

marca-aware

“Você tem de agir. E você tem que estar disposto a fracassar. Se você tem medo de fracassar, não irá muito longe.” – Steve Jobs

Oi, caro leitor! ((: Este post foi interessante para você? Então, siga nossas redes sociais e acompanhe mais conteúdos! Estamos no Facebook, Instagram e LinkedIn.

Facebook
Instagram
LinkedIn